FRACASSO

No plano espiritual, ao ensejo de uma nova reencarnação, ele meditava; fracassara nas tarefas da paternidade e da maternidade, ao longo dos séculos.
Pedira a prova da fortuna e se trancara no egoísmo e na indiferença.
Solicitara a prova da miséria e se entregara à revolta e ao inconformismo.
Exorara a prova da beleza física e se confiara à leviandade, pisando sentimentos.
Deprecara a bênção da saúde perfeita e se lançara a desregramentos.
Solicitara, por fim, a tarefa da mediunidade, e não tivera a coragem, a renúncia, a abnegação para o exercício do mandato mediúnico.
Quando, de repente, ouviu uma voz a dizer-lhe:
– Não adianta, meu filho, te entregares ao pranto da tristeza inútil. O melhor remédio para o fracasso é a bênção do recomeço. Volta à Terra e entrega-te ao ministério do bem incessante. Depois tornarás novamente ao mundo para compreender, enfim, que o mais alto ideal de todo espírito é viver em plenitude de caridade, pois a caridade é Deus!

(De “Escalada de Luz”, de Jerônimo Mendonça).
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s